Disney demite CEO; Robert Iger reassume 2 anos após deixar a empresa

O conselho de administração da Walt Disney substituiu, na noite de domingo, 20, o CEO Bob Chapek por Robert Iger, ex-presidente e CEO da empresa que deixou a companhia no final do ano passado.

“O conselho concluiu que, à medida que a Disney embarca em um período cada vez mais complexo de transformação da indústria, Bob Iger está em uma posição única para liderar a empresa nesse período crucial”, disse Susan Arnold, presidente do conselho da Disney, em comunicado.

“Agradecemos a Bob Chapek por seu serviço à Disney ao longo de sua longa carreira, incluindo a navegação da empresa nos desafios sem precedentes da pandemia”, acrescentou ela.

A mudança surpresa ocorre em um momento tumultuado para a Disney. Neste mês, a empresa reportou resultados financeiros do quarto trimestre mais fracos do que o esperado, acabando com o ímpeto construído ao longo de um ano forte que registrou receitas e lucros recordes em várias divisões, especialmente aquela que inclui parques temáticos.

O negócio de parques temáticos da Disney se recuperou fortemente desde que a pandemia de coronavírus fechou seus locais em todo o mundo, mas a divisão continua a subsidiar perdas crescentes no negócio de streaming de vídeo.

https://www.estadao.com.br/economia/disney-demite-ceo-robert-iger-reassume/

Deixe um comentário