Cannes Lions: Brasil repete resultado de 2023 e encerra participação no festival com 92 Leões

Brasil encerrou ontem sua participação na 71º edição do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade com 92 troféus, repetindo o desempenho de 2023. Em relação ao desempenho individual das agências do País, DM9, AlmapBBDO e GUT aparecem no topo do ranking das mais premiadas. Ao todo, foram dois Grand Prix, 14 Leões de Ouro, 31 de Prata e 45 de Bronze.

Na noite de ontem, encerramento da semana de premiações, o Brasil teve uma participação mais tímida do que nos dias anteriores e conquistou um Leão de Bronze, para a Africa Creative com ação da Heinz na categoria de “Sustainable Develpment Goals”, e um Leão de Bronze em Glass, para a AlmappBBDO e sua ação de dia dos país para O Boticário.

Para os executivos que comandam a DM9, AlmappBBDO e a GUT, as três agências mais premiadas, o resultado consagra as companhias que investiram na construção de sua marcas e os seus talentos criativos. “Ser a agência mais premiada do Brasil em Cannes ratifica a crença absoluta de que a criatividade aliada com tecnologia, inovação e dados transforma os negócios dos nossos clientes. Nos deixa muito orgulhosos ter quatro das nossas grandes marcas premiadas, o que mostra que essa jornada não é apenas o projeto de um cliente, mas de uma agência”, afirma Pipo Calazans, copresidente da DM9.

A líder de negócios da GUT, Alessandra Visintainer, comemorou os prêmios que colocaram a agência entre as mais premidas. “Estar entre as agências mais premiadas do Brasil, com trabalhos que partiram de briefings reais e entregaram resultados reais, é muito gratificante. É fruto do esforço de um time incansável, que sabe que criatividade gera negócios e não para de buscar a excelência em qualquer entrega.”

Para o presidente da AlmapBBDO, Filipe Bartholomeu, o resultado de Cannes foi um retrato da proposta de valor da agência, da busca por gerar impacto nas marcas e negócios dos clientes aliado a progresso social. “Trabalhos que entraram para a cultura popular do país, como da VW com a Elis, ganhando 5 leões. O primeiro Grand Prix da história da Johnnie Walker no planeta com uma reparação histórica brasileira. Três Leões com trabalhos icônicos de Bradesco Seguros, outros para um cross envolvendo Livelo e VW Caminhões” listou Bartholomeu, acrescentando.

Marca do ano

Além de encerrar a entrega dos prêmios de todas as 30 categorias do evento, ontem o Cannes Lions anunciou algumas das honrarias mais aguardadas pelo mercado, como o prêmio de anunciante do ano. A Coca-Cola ficou com o título de Creative Brand of The Year. Outra fabricante de bebidas, a Heineken ficou em segundo lugar, seguida pela Apple.

“Estou absolutamente entusiasmado com nossos clientes, funcionários e agências cujo brilhante trabalho é reconhecido por esses prêmios. Ganhar o prêmio de Empresa Criativa do Ano para a WPP e Network of the Year para a Ogilvy, com a Coca-Cola Company nomeada Creative Brand of the Year pela primeira vez em sua história, é uma conquista notável”, disse o CEO da britânica WPP, Mark Read.

https://www.estadao.com.br/economia/midia-mkt/cannes-lions-brasil-92-leoes

Comentários estão desabilitados para essa publicação