O que aconteceu nos negócios digitais em 2020 e qual a expectativa dos CEOs

Claudio Oliveira

Pois é, ninguém esperava que ficaríamos tanto tempo em casa. A pandemia testa os limites de stress das pessoas e das empresas. Foram várias transformações em pouco tempo, mas agora já conseguimos ter um cenário mais claro do que aconteceu com os negócios digitais em 2020 e quais são as tendências para os próximos anos, já levando em consideração que ninguém será o mesmo depois da pandemia.

Um dos fatores mais visíveis da transformação digital é a evolução do e-commerce. Surpreendendo os analistas do e-marketer, o e-commerce global cresceu 27,6% em 2020, mesmo com o varejo total diminuindo 3%. Em países da América Latina o crescimento do e-commerce foi de 36,7%. No Brasil, o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital informa que houve um crescimento de 73,9%. A distribuição do e-commerce em 2020 por categorias ficou assim:

  • Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (41,8%); 
  • Móveis e eletrodomésticos (25,9%); 
  • Tecidos, vestuário e calçados (11,8%). 
  • Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (7,5%), 
  • Outros artigos de usos pessoal e doméstico (7,4%); 
  • Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (3,3%);
  •  Livros, jornais, revistas e papelaria (2,3%). 

Por que o crescimento do e-commerce brasileiro foi tão maior do que nos outros países? Uma explicação é que nosso e-commerce estava abaixo do potencial devido a barreiras culturais e de logística. O consumidor não se sentia tão confiante para comprar na Internet, na maioria dos casos, não acreditava que o produto chegaria no prazo e que poderia devolver caso tivesse algum problema. Um pouco a força, nossos empresários e consumidores tiveram que se adaptar a nova situação, realizando cada vez mais operações de e-commerce, usando canais diferentes como marketplaces e mídias sociais. Essa mudança gerou transformações no negócio e nas expectativas do consumidor. No fundo, todos nós aprendemos com a nova realidade e dificilmente voltaremos aos antigos hábitos. O comerciante que pagava o aluguel de uma loja e que agora consegue vender online, questiona se retornará ao antigo ponto. Nós que aprendemos a fazer o tracking do produto por aplicativo, nos sentimos menos ansiosos e vamos comprar mais de forma online.

Mas o que podemos esperar do futuro? Por mais duro que seja o cenário de propagação do vírus, os CEOS são otimistas. Na 24ª pesquisa com CEOs da consultoria PWC, 85% deles declaram que a economia global deve ter um desempenho melhor em 2021 e 53% acham que o faturamento de suas empresas será maior. Boa parte desse otimismo pode ser creditado à transformação digital. 61% deles devem aumentar significativamente o investimento de suas empresas em transformação digital. Isso significa melhorar o relacionamento com o cliente através de canais digitais e mudar a força de trabalho, automatizando tarefas e descobrindo novas competências entre os funcionários. Ou seja, a empresa está aprendendo com seus clientes e consumidores e, por sua vez, espera que seus funcionários se adaptem, achem novas formas de gerar valor, e automatizem as rotinas que puderem.

Por fim, já que estamos falando de aprendizados, é interessante saber de onde virão as novas lições. O CEO da P&G Marc Pritchard, em recente entrevista, não titubeia em dizer que devemos acompanhar as transformações no mercado chinês. Os chineses estão rapidamente migrando para um ecossistema digital. Com uso intensivo de dados dos clientes para anúncios programáticos (voltados para o perfil exato do consumidor) e cadeias de valor digitalizadas. O crescimento do 5G também prometem inovações em áreas como realidade virtual, realidade aumentada e realidade misturada. Para o CEO, o impacto dessas novas tecnologias é imprevisível, mas se queremos saber como será o novo marketing, precisamos olhar para China.

Para saber mais:

https://www.emarketer.com/content/global-ecommerce-update-2021

https://www.pwc.com.br/pt/publicacoes/ceo-survey/2021/ceo–survey_21.pdfhttps://www.thedrum.com/news/2021/03/26/pg-s-marc-pritchard-if-you-want-see-the-future-marketing-look-china

Deixe um comentário