40 membros do partido Conservador rejeitam acordo do Brexit

0 comments

Ao menos 40 parlamentares do Partido Conservador da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, estão dispostos a votar contra o possível acordo proposto pelo governo para o Brexit se este deixar o país “meio dentro e meio fora” da União Europeia, disse um parlamentar de alto escalão.
“Minha estimativa é que há ao menos 40 colegas que não aceitarão um acordo de Chequers ‘meio dentro e meio fora’ ou um acordo emergencial que nos deixa no mercado interno e na união alfandegária”, disse Steve Baker à rádio BBC.
“Os colegas não tolerarão um Brexit meio dentro e meio fora”, afirmou ele, que foi ministro do governo May e renunciou como protesto pelas propostas da premiê para a separação britânica da UE.
Se May acertar um pacto com o bloco, tem que conseguir a aprovação do Parlamento britânico, e para isso precisaria do apoio de cerca de 320 parlamentares.
Se 40 de seus correligionários votarem contra um possível acordo, o destino do governo e do processo de saída dependerão do opositor Partido Trabalhista, que indicou que votará contra praticamente qualquer acordo que May possa obter.
Pelas propostas de May, o Reino Unido pleiteará uma área de livre comércio de bens com a UE, em grande parte aceitando um “manual comum” para bens e a participação britânica em agências do bloco que fornecem autorizações para os bens.
Alguns defensores do Brexit dizem que tais propostas garantirão à UE a manutenção do controle de partes da economia britânica, o que iria de encontro ao espírito de seu compromisso de abandonar o mercado interno e a união alfandegária do bloco.

https://br.reuters.com/article/worldNews/idBRKCN1MJ1HS-OBRWD

Deixe seu comentário