ibm

Modelo de negócio mudou de novo: IBM entrou no marketing

As grandes empresas do marketing internacional terão novo competidor: a IBM admitiu, oficialmente, que se destacam, entre os cartões de visita de seus executivos, os de marketing, de vendas, a frente dos de “suporte ao cliente”.
Como notou matéria do Financial Times, assinada por Richard Waters, normalmente as subsidiárias da IBM no mundo inteiro “se engalfinham com empresas como a HP”. Um analista da consultoria internacional IDC resumiu: ao se aprofundar nos campos de marketing e de outros ligados ao consumidor, “eles vão cooperar cada vez mais com todos os negócios do cliente de TI, e competir com empresas como a WPP, Ominicom e Publicis. A IBM precisa de crescimento e essa é uma área em que pode obtê-lo”.
A investida rumo aos novos campos, como publicou o FT, em matéria traduzida pelo Valor Econômico, edição de 23 de junho, pg B2, ocorreu no momento em que a IBM enfrenta dificuldades de expansão nos principais mercados de Tecnologia de Informação. Ao contrário de apenas preservar seu mercado e ficar na retaguarda de apoio de automação e processamento, a IBM quer se aprofundar na “linha de frente”, e deixou bem claro: diretores de marketing, de vendas e de atendimento ao cliente se empenham e identificar, conquistar e manter clientes.
A IBM pretende participar da “mudança radical” das compras empresariais quando novas plataformas, como a computação em nuvem, facilitam a tarefa dos gerentes de encontrar e comprar todo tipo de serviços de informática e desloca completamente a prerrogativa de quem compra dentro das empresas. Algumas das maiores tendências em tecnologia se associaram para transformar as operações empresariais que fazem a interface com o cliente em perspectivas maduras para as equipes de vendas de TI.
A massa de dados coletada sobre pessoas físicas, ao lado da disseminação das redes sociais, transformou as técnicas de identificação e de desenvolvimento das relações com o cliente. A ascensão dos tablets e smartphones são apenas o começo de formas novas para atingir clientes.

Comentários estão desabilitados para essa publicação