Balian

Esqueça as crises e comemore!

José Eduardo Amato Balian

Isso mesmo! Pare de pensar nos problemas políticos e econômicos que o Brasil atravessa e procure desenvolver novos negócios. As oportunidades estão batendo à sua porta, não fique parado. Empreenda!

A Incubadora de Negócios da ESPM SP está comemorando o nascimento de 50 (cinqüenta) empresas, das quais 7 (sete) em 2015, ano de grandes dificuldades na economia brasileira. Em nossa sede não de fala em Mensalão, Operação Lava Jato ou Processo de Impeachment e sim, em se criar a desenvolver empresas lucrativas.

A partir de uma idéia elabora-se o Modelo e o Plano de Negócios, estuda-se a viabilidade e decidida por sua implementação, o passo seguinte é o “teste piloto” que dará os subsídios para aprimoramento do projeto inicial e ai, Vamos em frente! De maneira alguma se pode ignorar a situação econômica e social que o país se encontra, no entanto, é mais uma variável do jogo que precisa ser considerada para o sucesso dos negócios.

Desta forma, vamos juntos empreender. Mude sua postura e quando tiver uma idéia não deixe de procurar a Incubadora de Negócios da ESPM SP.

Apresentamos três dicas que lhe ajudarão a “irrigar o cérebro” e quem sabe ajudá-lo nesse processo. São elas: a primeira é possuir um cartão de visitas, com nome, telefone e email. Não saia de casa sem ele e não se acanhe em distribuí-lo.

A segunda é de visitar pelo menos uma vez por mês uma Feira de Negócios, de qualquer ramo de atividade, quanto mais diferente for, melhor, ou seja, de máquinas, tecnologia, calçados, confecção, etc., e ao assistir a apresentação de uma empresa troque cartões e no dia seguinte envie um email de agradecimento. Na pior das hipóteses você estará ampliando sua rede de relacionamentos, mas não deixe de observar produtos, máquinas, displays, serviços oferecidos, etc. identifique e registre o que você gosta e não gosta. Tudo isso ficará “arquivado em seu HD”.

A terceira é o de criar o hábito de olhar um negócio, não como consumidor, mas sim, como gestor procurando observar os fatores de sucesso ou fracasso de cada empreendimento. Pode parecer chato, mas não é! Logo você fará conexões e a partir daí, poderá ter idéias inovadoras. Lembre-se! Quanto melhor você conhecer um setor de atividade, melhor terá condições de propor inovações em produtos, serviços ou processos produtivos.

Siga os exemplos a seguir de seus colegas que ao longo dos últimos dois anos trabalharam para montar empresas e estão iniciando suas atividades. São eles:

Daniel Almeida Dahia e Vitor Filipe, ex alunos do curso de administração de empresas que estão desenvolvendo o aplicativo Spotshop para Shopping Center, através do qual você receberá todas as novidades daquilo que quer comprar antes mesmo de estacionar o carro.

Os irmãos Bianca e Danilo Gomes Carvalho, estudantes do curso de jornalismo, desenvolveram a Semionse, um portal sobre educação e cultura, que dá dicas sobre o vestibular, interpretação de texto, cultura e tudo sobre a língua portuguesa. Vale à pena conferi!

O Andre Uzum estava no 7º. Semestre do curso de administração de empresas em dezembro 2013, quando começou a desenvolver seu projeto de montar Bibliotecas nas empresas, não só para os funcionários, mas também para seus filhos e amigos. Depois de dois anos nasceu a Biblioteca Corporativa para contribuir na geração de conhecimento interno nas organizações e entreter a todos com leituras técnicas, de ficção, romances. etc. Sensacional!

A Cristina Doritta cursava o 7º. Semestre do curso de administração de empresas quando apresentou seu projeto e foi vencedora da V Feira de Empreendedorismo da Incubadora ESPM SP. A Never Stop está desenvolvendo com apoio do curso de tecnologia da informação uma pulseira que eliminará as filas na hora de pagamento de qualquer estabelecimento comercial. O início se dará com as Baladas. Fique atento, pois logo você poderá usá-la.

O Templo da Fé permite que você compre diretamente pelo site produtos religiosos. O Pedro Fischer e o Danilo Ramos do curso de administração de empresas acreditam nessa ideia para complementar suas rendas. A variedade é grande, os produtos são de muito boa qualidade e as vendas já começaram.

É impossível resistir aos doces e bolos feitos pela Daniela Vidigal, ex aluna do curso de comunicação social. Com incentivo de familiares, amigos e um plano bem elaborado, montou a BEIK Confeitaria e começa a atender a bares restaurantes e Buffets em geral. Só de pensar “dá água na boca”.

Por fim a Meu Bem Conveniência, nasceu de um PGE Empreendedor e o Rodrigo Sanches, Lucas Nieto, Renato Sparadane, João Marcelo Sampaio e o Flavio Alves, iniciaram as atividades depois de meses de muito trabalho vendendo chocolates e pratos prontos em condomínios comerciais. O projeto á auspicioso, tanto na ampliação dos produtos, mas também nos serviços que serão oferecidos.

FAÇA COM SEUS COLEGAS, EMPREENDA!
DEIXE AS CRISES DE LADO, NOSSO PAIS É GRANDE E VAMOS SUPERAR MAIS ESSAS.

Comentários estão desabilitados para essa publicação