Boris-Johnson_eleicoes_notaalta

Voto tático ameaça premiê Johnson em eleições do Reino Unido

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, parece a caminho de obter uma grande maioria na eleição nacional de 12 de dezembro, mas o voto tático de apoiadores da oposição pode reduzi-la ou até eliminá-la, de acordo com uma análise de pesquisas divulgada nesta quarta-feira.
O Partido Conservador, de Johnson, deve conquistar até 366 das 650 cadeiras da Câmara dos Comuns, supondo-se que os apoiadores de partidos opositores não se coordenarão para se contraporem ao voto conservador, segundo os resultados da consultoria Focaldata publicados pela campanha Best for Britain, que é contra a separação britânica da União Europeia.
Mas o Best for Britain disse que o resultado de muitos redutos eleitorais está em aberto.
O grupo identificou 57 locais em que meros 4 mil eleitores pró-UE podem diminuir a contagem de assentos de Johnson para 309 se votarem taticamente.
“Está claro que esta eleição está no fio da navalha, mesmo pequenas mudanças no número de votos que cada partido receber podem alterar cadeiras essenciais”, disse o fundador da Focaldata, Justin Ibbetts.
As cifras da Focaldata se baseiam em 39.476 respostas a pesquisas de opinião computadas em um assim chamado modelo analítico MRP
Outro modelo MRP da empresa de análises Datapraxis divulgado no sábado mostrou Johnson encaminhado para uma maioria robusta, mas semelhantemente sujeito a grandes riscos do voto tático.

https://br.reuters.com/article/worldNews/idBRKBN1Y1296-OBRWD

Deixe um comentário