Jack-Ma_notaalta

Alibaba terá grande desafio após saída de Jack Ma da presidência

O presidente da Alibaba, Jack Ma, sairá da empresa chinesa na terça-feira, deixando a seu sucessor escolhido a dedo a tarefa de liderar a gigante de 460 bilhões de dólares em um momento em que o mercado para seus principais negócios de comércio eletrônico desacelerou bruscamente.
Enquanto Ma, que completa 55 anos na terça-feira, é o centro das atenções na festa de despedida marcada no estádio Olympic Sports Center, com capacidade para 80 mil pessoas, os participantes esperam obter pistas sobre como da Alibaba será administrada pelo herdeiro Daniel Zhang.
Um contador de fala mansa, Zhang, presidente-executivo da Alibaba, contrasta fortemente com Ma, cujo estilo extravagante e liderança carismática fizeram dele o empresário chinês mais reconhecido desde que fundou a empresa há 20 anos em um pequeno apartamento compartilhado na cidade de Hangzhou, no leste da China.
“Ele têm as habilidades de lógica e pensamento crítico de um supercomputador, um compromisso com sua visão e coragem de assumir modelos de negócios e indústrias inovadoras do futuro”, disse Ma sobre Zhang em 2018 em uma mensagem anunciando sua nomeação.
Um dos principais desafios de Zhang será encontrar novas áreas de crescimento à medida que o setor de comércio eletrônico da China amadurece, disseram analistas.
“Se a Alibaba quiser encontrar novas inovações ou tendências, isso será mais difícil do que antes”, disse Liu Yiming, analista da divisão de pesquisa da 36kr, um grupo chinês de publicações tecnológicas. “Para Daniel Zhang, este será um grande desafio.”
As vendas de varejo online da China cresceram 17,8% no primeiro semestre de 2019, quase metade do ritmo do crescimento de 32,4% do ano anterior, de acordo com o departamento nacional de estatística do país.
Sob a liderança de Ma, a Alibaba cresceu e se tornou a empresa listada mais valiosa da Ásia, com um valor de mercado atual de 460 bilhões de dólares. A companhia emprega mais de 100 mil pessoas e se expandiu para serviços financeiros, computação em nuvem e inteligência artificial.
Embora ainda não se saiba como a Alibaba será dirigida por Zhang, a extravagância de terça-feira promete oferecer um espetáculo e, possivelmente, uma oportunidade final para que Ma mostre seu carisma.
Em eventos anteriores da empresa, ele se vestiu de Michael Jackson ou de punk e apresentou números musicais.
“Espero uma longa, longa cerimônia com Jack aparecendo no final – em estilo dramático, é claro”, disse um funcionário da Alibaba.

https://br.reuters.com/article/internetNews/idBRKCN1VU1JN-OBRIN

Comentários estão desabilitados para essa publicação