Trump não deve estender prazo de regularização dos ‘dreamers’ | Nota Alta ESPM

Trump não deve estender prazo de regularização dos ‘dreamers’

Comentários desativados

Em meio à crescente tensão sobre as leis de imigração nos Estados Unidos, o chefe de gabinete da Casa Branca, John Kelly, afirmou nesta terça (6) que não deve estender o prazo final para a regularização dos dreamers, jovens imigrantes que chegaram ainda crianças ao país.
A partir do dia 5 de março, esses imigrantes, que somam quase um milhão de pessoas e não têm status legal nos EUA, estarão sujeitos a deportação.
Eu duvido muito [que o prazo seja estendido], declarou Kelly.
Os dreamers eram protegidos por um decreto do ex-presidente Barack Obama, que garantia sua permanência legal no país, mas que foi revogado pelo atual mandatário Donald Trump.
O republicano delegou ao Congresso a responsabilidade de dar uma solução ao destino desses jovens muitos dos quais viveram mais tempo nos Estados Unidos do que em seu país de origem.
De acordo com a lei americana, cabe ao legislativo definir as políticas de imigração nos EUA. Foi com base nisso que Trump justificou o fim do decreto de Obama, que, na prática, era irregular. Na ocasião, Trump concedeu aos dreamers mais seis meses de permanência no país, na expectativa de que o Congresso definisse novas regras para o grupo. É esse prazo que se encerra no próximo mês.
O que faz eles [congressistas] trabalharem é a pressão, afirmou o chefe de gabinete de Trump.
Democratas e republicanos, porém, não têm conseguido chegar a um acordo sobre as leis de imigração. Atualmente, o principal ponto de discórdia é o muro na fronteira com o México, que Trump diz ser absolutamente necessário para reforçar a segurança do país, e que os democratas afirmam estar fora de cogitação.

https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/02/trump-nao-deve-estender-prazo-de-regularizacao-dos-dreamers.shtml

Comments are closed.