Census-Bureau_notaalta

Pobreza cai, mas renda não sobe nos EUA

A renda dos americanos permaneceu basicamente estável em 2018, depois de três anos seguidos de aumento, segundo dados divulgados ontem pelo Census Bureau. Por outro lado, a taxa de pobreza caiu pelo quarto ano seguido em 2018, para 11,8%, uma queda de 0,5 ponto percentual em relação ao ano anterior. Esse percentual corresponde a 38,1 milhões de americanos vivendo abaixo da linha de pobreza.
A renda familiar média dos americanos ficou em US$ 63.179 em 2018, uma ligeira alta de 0,9%, que o Census Bureau diz que não é estatisticamente significativa na comparação anual com base nos números ajustados à inflação.
O relatório apontou ainda que a parcela da população americana sem um plano de saúde aumentou pela primeira vez desde 2009. Em 2018, 8,5% dos americanos, ou 27,5 milhões, não tinham um plano de saúde, comparado com 7,9%, ou 25,6 milhões, no ano anterior.
Outro relatório, também divulgado ontem, mostrou que o número de vagas que permanecem abertas no mercado de trabalho dos EUA ficou em 7,2 milhões no último dia de julho. O total de vagas em aberto em julho foi 0,4% inferior ao de junho.

https://www.valor.com.br/internacional/6430177/pobreza-cai-mas-renda-nao-sobe-nos-eua#

Comentários estão desabilitados para essa publicação