UKTV-Play_notaalta

Discovery faz acordo de 10 anos com a BBC

A Discovery vai pagar à BBC 300 milhões de libras (US$ 394,2 milhões) ao longo de dez anos pelos direitos para exibir os programas da rede britânica sobre história natural e vida selvagem, dentro dos preparativos do grupo americano de TV paga para lançar um serviço de streaming por assinatura em 2020.
As duas emissoras confirmaram hoje que a BBC vai licenciar todo seu catálogo de programas sobre a natureza, incluindo os elogiados “Planeta Azul” e “Planeta Terra”. O diretor-geral da BBC, Tony Hall, disse que o contrato de venda de conteúdo é o “maior já feito” pela emissora”.
As emissoras em geral encontram dificuldade para concorrer contra a Netflix na disputa pelo número cada vez maior de espectadores do segmento de vídeos sob encomenda. A BBC tem tentado equilibrar sua missão de prestar serviço público no Reino Unido como uma forma de monetizar seu conteúdo internacionalmente.
O presidente e executivo-chefe da Discovery, David Zaslav, disse que a aliança vai incluir futuros programas “especiais importantes” e desdobramentos de títulos como “Planeta Terra”, “Life” e “Caminhando com os Dinossauros”. O preço de seu serviço de streaming ainda não foi decidido, mas provavelmente será de menos de US$ 5 mensais, segundo Zaslav.
O serviço de assinatura não vai estar disponível no Reino Unido, na Irlanda ou na China e não vai afetar o iPlayer e o BritBox, o serviço de streaming que vai lançar com a ITV ainda neste ano.
Claire Enders, analista de mídia da Enders, disse que o contrato com a Discovery vai ajudar a BBC a compensar as perdas quando forem encerrados os acordos de licenciamento com a Netflix antes do lançamento de seu BritBox.
A Netflix também tem investido em programação de história natural e se prepara para lançar um programa próprio chamado “Our Planet”, narrado por David Attenborough, conhecido por décadas de trabalho com a BBC.
Jean-Briac Perrette, executivo-chefe de redes internacionais da Discovery, disse que não “planeja ter um monopólio sobre o conteúdo de história natural”. “David Attenborough é fantástico, mas é [só] um indivíduo”, disse. “É legal que outros tentem [atuar no segmento], mas vamos estar com um catálogo comprovado.”
O acordo entre BBC e Discovery chega no momento em que as duas emissoras dividem os canais da UK TV, empresa que controlam em conjunto. Em negócio separado, a BBC vai pagar à Discovery 173 milhões de libras para ficar com a maioria dos canais da UK TV, como o Alibi e o Drama, com a marca e o serviço de vídeo sob demanda UKTV Play.

https://www.valor.com.br/empresas/6192847/discovery-faz-acordo-de-10-anos-com-bbc#

Comentários estão desabilitados para essa publicação