brexit_quebra_cabeca_notaalta

Incógnita cerca Brexit em semana decisiva

Às vésperas da segunda – e decisiva – votação sobre o Brexit no Parlamento britânico, ninguém sabe o que acontecerá. Não está afastado nem o espectro caótico de saída da União Europeia sem acordo no dia 29. Evitá-lo dependeria da extensão no prazo do divórcio, sujeita à aprovação de todos os países da UE. Eis as alternativas diante dos britânicos:

1. Nada é aprovado no Parlamento, e o divórcio ocorre no fim do mês sem acordo. Seria o caos. Nem Reino Unido nem UE estão preparados. É o cenário menos provável.

2. A premiê, Theresa May, obtém, pela pressão do prazo, aprovação do acordo rejeitado em janeiro, incluindo o dispositivo de segurança (“backstop”) para evitar controles fronteiriços entre as Irlandas. Improvável.

3. O acordo é aprovado, sujeito a novo referendo popular. Tal hipótese ajudaria May a conquistar o apoio de opositores do Brexit, que depositam a esperança de anulá-lo numa nova votação. Também improvável.

4. O acordo é rejeitado, mas o Parlamento impõe a condição de que não haverá saída da UE sem acordo e pede extensão de prazo. É o cenário mais provável. 

Neste último cenário, May terá uma opção dura. Ou se livra do “backstop” para agradar à ala separatista dos conservadores, mas descontenta os norte-irlandeses que sustentam sua coalizão, ou então transforma o acordo numa união aduaneira permanente com a UE para atrair o apoio dos trabalhistas, mas leva seu partido ao racha. Nenhuma das escolhas será feliz para ela. Nem para o país.
Sem acordo, pode faltar até papel higiênico
Não bastassem ameaças de filas nos portos e linhas e trem, violência na fronteira entre as Irlandas e falta de comida, a Foreign Policy faz um novo alerta: caso se concretize o Brexit sem acordo no fim do mês, faltará papel higiênico no Reino Unido. Cada britânico consome 110 rolos anuais (recorde europeu). De todo o papel consumido no país, 85% vem de fora (60% da UE). O problema não seria novas tarifas, mas a burocracia na importação, com risco de desabastecimento por até seis meses.

https://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,incognita-cerca-brexit-em-semana-decisiva,70002749145

Deixe um comentário