olimpiadas_inverno

Coreia do Norte aceita mandar atletas para Olimpíada após reunião com Sul

A Coreia do Norte anunciou que enviará uma delegação para disputar a Olimpíada de Inverno de Pyeongchang, na Coreia do Sul, em fevereiro, mas descartou debater seu programa nuclear com Seul.
As decisões foram tomadas após a primeira reunião entre representantes dos dois países em mais de dois anos.
Para facilitar a participação norte-coreana no evento, a Coreia do Sul anunciou que estuda suspender temporariamente parte das sanções que impôs contra a ditadura de Kim Jong-un e que vai pedir à ONU e a países aliados —como os EUA e o Japão— que façam o mesmo.
O vice-ministro Chun Hae-Sung, responsável da Coreia do Sul pelas negociações com o vizinho, disse que seu país pediu a realização de uma nova rodada de conversas para diminuir a tensão na península, além de uma retomada das negociações sobre os testes de mísseis e o programa nuclear norte-coreano.
Após o fim da reunião, porém, os representantes norte-coreanos disseram que não pretendem debater a questão com seus “irmãos” sul-coreanos, apenas com Washington. “Todas as nossas armas, incluindo bombas atômicas, bombas de hidrogênio e mísseis balísticos têm como alvo apenas os Estados Unidos, e não nossos irmãos, a China ou a Rússia”, disse o chefe da delegação norte-coreana, Ri Son-gwon.
Em um comunicado conjunto após o encontro, que durou onze horas, os dois lados defenderam a manutenção do diálogo para debater problemas em comum e diminuir as tensões na península. Também concordaram em restabelecer uma linha direta para assuntos militares, que deve entrar em funcionamento nesta quarta-feira (10).
Seul propôs que os atletas dos dois países marchem juntos durante a cerimônia de abertura. Isso já ocorreu em uma série de eventos esportivos durante os anos 2000, incluindo as Olimpíadas de Sidney-2000 e Atenas-2004, mas não acontece desde 2007.
Os sul-coreanos também querem realizar uma série de reencontros entre famílias divididas pela Guerra da Coreia (1950-1953) no Ano Novo lunar, que acontece durante os Jogos.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/01/1949047-coreia-do-norte-aceita-mandar-atletas-para-olimpiada-apos-reuniao-com-sul.shtml

Comentários estão desabilitados para essa publicação