Na China, no “Dia dos Solteiros”, Alibaba vende US$ 9 bilhões

O varejista online chinês Alibaba vendeu mais de US$ 9,3 bilhões em 278 milhões de pedidos durante o seu “Festival de compras 11.11″, dia de descontos anual promovido pela empresa de comércio eletrônico.

Nas 24 horas do evento, o valor recorde de 57,1 bilhões de iuanes (US$ 9,3 bilhões ou R$ 24 bilhões) havia sido arrecadado pelos vendedores do gigante de comércio eletrônico. No ano passado, o “festival” movimentou US$ 5,8 bilhões, com 150 milhões de pedidos, como mostrou material da Folha de 12/11.

O evento é considerado uma espécie de versão chinesa do “Black Friday”, dia em que lojas americanas oferecem grandes descontos aos clientes, e é realizado quando os chineses lamentam ou comemoram o “Dia dos Solteiros” –uma brincadeira com os quatro “1s” da data.

Os números deste ano foram impulsionados pela “iniciativa de pré-venda” do Alibaba. Os comerciantes começaram a anunciar os preços promocionais em 15 de outubro, recebendo depósitos pelos itens, mas apenas processando pagamentos integrais e enviando os produtos nesta terça (11).

Além disso, esta é a primeira vez que o dia de promoções é global, chegando a consumidores em mais de 200 países –inclusive o Brasil–, segundo a empresa.

O “Festival de Compras 11.11″, que segundo o Alibaba é a maior venda online em 24 horas, começou em 2009 quando 27 lojistas no site Tmall.com ofereceram fortes descontos para impulsionar vendas num período que em geral seria fraco.

O Dia dos Solteiros existe desde os anos 90 na China, mas foi aproveitado pelo gigante do comércio eletrônico para incentivar as pessoas a comprarem presentes para si mesmas.

Comentários estão desabilitados para essa publicação