yt

Google lança versão paga do YouTube

O alvo é também o Netflix. Mas, não só. O Google anunciou uma nova versão paga do YouTube nos Estados Unidos. Com mensalidade de US$ 9,90 (o equivalente a quase R$ 40), o YouTube Red apresentará todo o conteúdo que já está disponível no site, porém sem exibir anúncios.

A nova plataforma também permitirá que os usuários salvem vídeos para assistir conteúdo no celular quando estiverem sem conexão, assistir vídeos enquanto interage com outras funções do aparelho e ainda tenham acesso à produções originais.

De acordo o anúncio publicado no blog oficial do YouTube, o Red vai funcionar integrado ao Google Play Música. Quando uma pessoa contratar um desses serviços, terá acesso ao outro automaticamente. Em entrevista ao site Huffington Post, o diretor de negócios do YouTube, Robert Kyncl, afirmou que o YouTube Red representa a “mais completa experiência da plataforma” e “marca o dia em que os fãs terão direito a fazer suas escolhas”.

Além da ausência dos anúncios, o YouTube Red também chamou a atenção já que permitirá que os usuários acessem produções originais do YouTube, uma estratégia adotada pelo serviço de streaming de vídeo Netflix para atrair novos usuários.

Segundo o Google, o YouTube Red receberá os primeiros conteúdos originais até o início de 2016. Eles serão feitos por produtores de conteúdo que já utilizam a plataforma, os Youtubers.
Entre as apostas estão séries, shows e até mesmo filmes.

Uma das atrações já confirmadas pelo Google para o ano que vem é uma série com o youtuber mais famoso — e rico — do mundo, o PewDiePie. Conhecido por seus vídeos sobre games, ele vai publicar uma série de vídeos em parceria com os produtores da série The Walking Dead. No programa, PewDiePie vai enfrentar situações assustadoras do mundo dos videogames.

Comentários estão desabilitados para essa publicação