Pesquisa Game Brasil 2017

Comentários desativados

Mauro Berimbau e Fernando Matijewitsch

A Pesquisa Game Brasil está em sua quarta edição, trazendo o cenário atual do mercado de games com diversas abordagens dos hábitos de consumo nas principais plataformas de jogos e com diversos cruzamentos e análises comparativas. Realizada pela SIOUX, agência de tecnologia interativa referência nacional em games e gamificação, pela BLEND NEW RESEARCH, empresa de pesquisa especializada em consumo, e pelo GameLab ESPM, laboratório de desenvolvimento e pesquisa em jogos da ESPM, a PGB2017 é a nova leitura de campo que traça o perfil do gamer brasileiro que contou com o reforço de outros profissionais de mercado e da academia.
Seguindo a mesma metodologia dos anos anteriores, a pesquisa teve a participação de 2.947 pessoas entrevistadas em 25 Estados e no Distrito Federal, entre os dias 1 e 16 de fevereiro. “Trouxemos novos temas e perspectivas para analisar o ano de 2016”, afirma Lucas Pestalozzi, presidente da Blend New Research. Ele destaca o forte apelo que atualmente os jogos têm em quase toda a população e não apenas entre os jovens, uma vez que a faixa etária principal dos gamers é de 25 a 34 anos. “Se por um lado o ano de 2016 foi um ano crítico para a economia brasileira, tivemos alguns fenômenos de consumo, como o Pokémon Go”, afirma Guilherme Camargo, CEO da Sioux.
O gamer brasileiro se consolida com o perfil multiplataforma e o smartphone continua como a mais popular delas (77,9%), seguido de computadores (66,4%) e consoles (49%). Apesar de toda a popularidade dos jogos, apenas 6,1% dos entrevistados se consideram “hardcore gamers”. A maioria se identifica como um consumidor casual, que utiliza os jogos somente como uma forma simples de entretenimento (54,1%).
O dispositivo preferido para jogar também é o smartphone, escolhido por 37,6% dos gamers, seguido de consoles (28,8%) e o computador (26,4%).
A categoria de jogos preferida foi Estratégia (50,9%), seguida de Aventura (45%). Um fato interessante é que esses dois tipos de jogos estão entre os preferidos para ambos os sexos, no entanto, jogos de Ação, Corrida e Esportes marcam presença apenas no Top 5 dos homens, enquanto jogos de Cartas, Match Three e Trívia são aqueles que completam o Top 5 feminino.
Há diversos locais onde o consumidor joga. Com a mobilidade dos smartphones, 60,7% dos entrevistados afirmam jogar quando estão em deslocamento / trânsito (ônibus, metrô ou carro). Porém, ao contrário das pesquisas anteriores, este não se consagrou como o momento de maior consumo de jogos, já que 71% dos gamers também afirmaram utilizar o smartphone para jogar em casa.
A Pesquisa Game Brasil tem como objetivo principal buscar conhecimento de mercado para fomentar as atividades de desenvolvimento e comercialização de jogos no país. Para mais informações, acesse: https://www.pesquisagame
brasil.com.br/

Comments are closed.